▸ COMÉRCIO EXTERIOR: Exportações do Nordeste crescem 57% de janeiro a maio deste ano

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) divulga hoje (10/6), os números referentes à balança comercial das 27 unidades da federação no período de janeiro a maio de 2010. Os dados estão disponíveis na página eletrônica do MDIC ? www.mdic.gov.br.

No período, as exportações do Nordeste cresceram 57% na comparação com os cinco primeiros meses de 2009. Esse foi o melhor desempenho regional. Os embarques nordestinos somaram US$ 6,551 bilhões. Dos nove estados que compõem o Nordeste apenas dois (Sergipe e Piauí) registraram queda nos embarques internacionais. No total, as exportações brasileiras alcançaram US$ 72,093, valor 30% maior que o registrado nos cinco primeiros meses de 2009.
O Sudeste continua sendo a região brasileira que mais exporta, contribuindo com 55% do total nacional. Juntos, os quatro estados da região embarcaram US$ 40,280 bilhões. O Rio de Janeiro teve um crescimento de 105% dos embarques internacionais. As exportações fluminenses somaram US$ 7,938 bilhões. Pelo critério de maior aumento, logo depois vem Espírito Santo (+60%), com embarques de US$ 3,738 bilhões. Minas Gerais (+33%), que exportou US$ 9,807 bilhões e São Paulo (+21%) , com vendas internacionais de US$ 18,796 bilhões.

A região Sul apresentou uma elevação de 16% em suas exportações na comparação com os primeiros cinco meses de 2009. O principal destaque foi o Paraná, cujos embarques internacionais cresceram 17,85%, valor muito próximo do desempenho do Rio Grande do Sul (+17,11%). Por último aparece Santa Catarina com crescimento de 13%. As exportações de Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina somaram, respectivamente, US$ 5,228 bilhões, US$ 5,650 bilhões e US$ 2,906 bilhões.

As quatro unidades da federação do Centro-Oeste apresentaram acréscimo nas exportações. Mato Grosso do Sul se destacou com acréscimo de 55% nas vendas internacionais em relação ao valor registrado de janeiro a maio de 2009. Já as vendas do Distrito Federal aumentaram 30%, as de Goiás 21% e as do Mato Grosso com 5%. Os embarques da região somaram US$ 6,404 bilhões (+15%).

As exportações do Norte cresceram 3%. Dos sete estados da Região, dois (Pará e Roraima) tiveram decréscimo nos embarques internacionais, -1,4% e -1,2%, respectivamente. O Acre registrou aumento de 70% das suas vendas ao mercado externo; seguido do Amazonas 40%; Tocantins 38%; Rondônia 15% e Amapá 4%.

Fonte: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior